©2017 Direitos reservados para Primeiro Andar. Todas as fotos, salvo indicação em contrário, são de autoria de Gil Carlos Volpato. Desenvolvido por aGenteCV [laboratório de criação]. Criado com Wix.com.

Faça sua pesquisa por categoria
Faça sua pesquisa por palavra
  • Google+ - White Circle
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • Pinterest - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • Gil Carlos Volpato

Caminho Brasileiro


O Caminho Brasileiro Caminho de Santiago vai de Canasvieiras até Ingleses, passando pela Cachoeira do Bom Jesus, Ponta das Canas, Lagoinha e Praia Brava. Possui trechos de areia, travessias urbanas e trilhas na mata, num total de 21,5km que nós percorremos em 8 horas neste dia 15 de novembro. As vistas são incríveis, o acesso é fácil e a trilha é bem cuidada e bem sinalizada (parabéns para o pessoal da Associação Catarinense dos Amigos do Caminho de Santiago de Compostela). Mas a inclinação no Morro do Rapa e a areia das praias destoam do que você vai encontrar na Rota Francesa do Caminho de Santiago de Compostela (o caminho mais utilizado pelos peregrinos), palavra de quem está indo pela quarta vez para a Espanha. Ainda assim a trilha é utilizada como local de preparação por muitos que estão planejando visitar a tumba do primeiro apóstolo a ser martirizado. Há quem defenda o trecho de Florianópolis alegando que ele se assemelha ao Caminho do Norte, a rota que segue pelo litoral espanhol rumo a Catedral de Santiago. E há quem diga que o trecho daqui não é oficialmente reconhecido como parte do Caminho de lá. Eu, pessoalmente, concordo com essa última ideia. Ao meu ver não faz nenhum sentido dizer que a Ponte Colombo Salles, que liga a Ilha de Santa Catarina ao resto do estado, é uma continuação ou parte da Ponte Rio-Niterói. A lógica se aplica ao caso. De certo modo, porém, mesmo sem os pernoites em albergues, sem as bicas d’água e sem a diferença de idioma e de fuso horário, a trilha manezinha proporciona um pequeno e tímido vislumbre das situações que o peregrino encontrará na sua jornada de 10, 15 ou 30 dias em terras européias; e por isso, ou pelo simples prazer que a caminhada proporciona, já vale muito a pena percorre-la. Fotografias: Gil Carlos Volpato, 15 de novembro de 2018, em Florianópolis (SC). Com Francine Freiberger, Landoaldo J. Freiberger, Paulo Manoel Schlichting, Alvaro Souza Rovaris, Jaison Ferreira de Abreu e Cristiano Bosquetti.


#caminhodesantiagodecompostela #santacatarina #florianopolis #brasil

5 visualizações